Caminho das Pedras

DOCUMENTARIO AUDIOVISUAL com o mapeamento das expressões culturais da favela Complexo de Rio das Pedras, situada em Jacarepaguá e Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O Complexo de Rio das Pedras é a terceira maior favela do Rio de Janeiro com mais de 60 mil habitantes (dados Sabren/IPP e 140 mil habitantes segundo a AMARP – Associação de Moradores). Ocupa uma área de mais de 600 mil metros quadrados e tem mais de 22 domicílios (dados IPP). Rio das Pedras é, portanto, maior que mais de 80% dos municípios brasileiros.
Embora com todos esses enormes números de área e população, e uma produção cultural riquíssima e extremamente diversa, principalmente entre os jovens, Rio das Pedras é pouco conhecida fora de seus limites. O Estado do Rio de Janeiro, a Prefeitura da cidade, bem como os setores que cuidam da Cultura também pouco conhecem de suas expressões e de sua produção. Um exemplo disso é o próprio “Mapa de Cultura RJ” produzido pela Secretaria de Cultura do Estado do RJ que não tem NEM UM item inserido sobre a Favela de Rio das Pedras.
O desconhecimento da produção cultural da região é flagrante também na própria sociedade carioca e fluminense, bem como na mídia de modo geral com pouquíssimas citações sobre o universo cultural de Rio das Pedras, nos útimos anos. O Projeto “Caminho das Pedras” tem interesse em romper essa invisibilidade, utilizando uma agenda de apresentações do documentário “Caminho das Pedras” como motor de debates, trabalhando ao mesmo tempo para que a própria comunidade jovem de Rio das Pedras possa se conhecer melhor e articular sua demandas proporcionando um fortalecimento de suas ações culturais bem como a consolidação de uma Rede de Produtores Culturais da região com capacidade para dialogar com as instâncias culturais do Estado.

Documentário – 00:30:00- Rio de Janeiro, Brasil, 2017.

 

Direção Sandra Lima
Roteiro
Direção de Produção Drica Carneiro
Direção de Som Rogger Possati
Direção de Arte
Direção de Fotografia
Edição ou MontagemLael Torres
Atriz Protagonista

 

Sinopse
DOCUMENTARIO AUDIOVISUAL com o mapeamento das expressões culturais da favela Complexo de Rio das Pedras, situada em Jacarepaguá e Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.
O Complexo de Rio das Pedras é a terceira maior favela do Rio de Janeiro com mais de 60 mil habitantes (dados Sabren/IPP e 140 mil habitantes segundo a AMARP – Associação de Moradores). Ocupa uma área de mais de 600 mil metros quadrados e tem mais de 22 domicílios (dados IPP). Rio das Pedras é, portanto, maior que mais de 80% dos municípios brasileiros.
Embora com todos esses enormes números de área e população, e uma produção cultural riquíssima e extremamente diversa, principalmente entre os jovens, Rio das Pedras é pouco conhecida fora de seus limites. O Estado do Rio de Janeiro, a Prefeitura da cidade, bem como os setores que cuidam da Cultura também pouco conhecem de suas expressões e de sua produção. Um exemplo disso é o próprio “Mapa de Cultura RJ” produzido pela Secretaria de Cultura do Estado do RJ que não tem NEM UM item inserido sobre a Favela de Rio das Pedras.
O desconhecimento da produção cultural da região é flagrante também na própria sociedade carioca e fluminense, bem como na mídia de modo geral com pouquíssimas citações sobre o universo cultural de Rio das Pedras, nos útimos anos.
O Projeto “Caminho das Pedras” tem interesse em romper essa invisibilidade, utilizando uma agenda de apresentações do documentário “Caminho das Pedras” como motor de debates, trabalhando ao mesmo tempo para que a própria comunidade jovem de Rio das Pedras possa se conhecer melhor e articular sua demandas proporcionando um fortalecimento de suas ações culturais bem como a consolidação de uma Rede de Produtores Culturais da região com capacidade para dialogar com as instâncias culturais do Estado. .

(Visited 1 times, 1 visits today)

Isso deve te interessar

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *