Lais Bodanzky

Laís Bodanzky

Nascida em 23 de setembro de 1969, a paulista cineasta, roteirista e diretora Laís Bodanzky realizou seu primeiro longa-metragem em 2000, chamado “O bicho de sete cabeças”, a diretora apresentou muitas dificuldades para captação de recursos pois a maioria das empresas não queriam seu nome vinculado a um filme sobre drogas, preconceito e hospícios, apesar disso, o filme foi aclamado participando da Seleção Oficial de Toronto e garantindo o prêmio de Melhor Filme em Biarritz, entre outros 46 prêmios nacionais e internacionais.
Seu segundo longa-metragem é lançado em 2007 com o título “Chega de Saudade”, vencendo como Melhor Filme em Tous Écrans Genève e outros 20 prêmios no Brasil e no exterior. Seu terceiro longa-metragem “As melhores coisas do mundo” teve sua abertura no Festival de Cinema em Roma, vencendo como Melhor Filme no FICI Madri e 19 prêmios em outros festivais. Seus próximos projetos cinematográficos ganham o título de “Como nossos pais” e “Pedro”, estão com previsão de lançamento para 2017.
Foi co-autora do roteiro do curta-metragem “Pedro e o Senhor”, dirigido por Luiz Bolognesi. Já realizou dous videoclipes do cantor e compositor Arnaldo Antunes com as musicas “Fora de Si” (2001), na produção e “Essa Mulher” (2002), na direção, lhe rendendo prêmio de melhor clipe no Multishow.
No teatro dirigiu a peça “Essa Nossa Juventude” (2008), indicada a 18º Prêmio Shell de Teatro de São Paulo nas categorias Melhor Ator e Melhor Cenografia. E em 2011, dirigiu a peça Menecma de Bráulio Mantovani, indicada ao 24º Prêmio Shell de Teatro de São Paulo, na categoria Melhor Ator.

* Texto por Ana Izidoro

(Visited 1 times, 1 visits today)
Born on: 23/09/1969

Videos

Translate »
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com